Dominio: missaopoliglota.com.br
Chave: ce01ce45861222d5ba53fe1a151712ce36e8c1bc
Hora do cache: 1501069109
Vida do cache: 1501112309
Status: 1
Mensagem: Centive nao respondeu
Chave do Pedido: 86c1f9f890b64907d5b495a17d81907d68a4a5fb
Chave do Produto: PROKEY
Scroll Top
Livro digital gratuito

Baixe o e-book gratuito "5 estratégias infalíveis para aprender qualquer idioma". Basta inserir seu nome e e-mail.

Artigos

[Review] Quel tal aprender um idioma lendo um bom livro?

A experiência de aprender um idioma a partir da literatura é realmente incrível. Tenho feito isso há alguns anos e não me arrependo. Neste review, apresento um projeto chamado Interlinear Books, que tem tudo a ver com isso.

Interlinear Books

Que tal aprender um idioma com um bom livro?

 

No ano passado, publiquei um artigo em inglês no blog Fluent in Three Months, intitulado 5 Hacks to Learn Languages by Reading Literature. Nele, mostrei como é possível estudar um idioma através da prazerosa leitura de um livro de literatura estrangeira. Além de apresentar as técnicas, mostrei algumas fotos de cadernos de anotações e alguns livros meus. Foi uma experiência incrível poder escrever em inglês e publicar em um blog tão prestigiado.

Depois de escrever o artigo, recebi algumas mensagens de agradecimento, às quais respondi com grande prazer, e uma outra que me apresentava um projeto que estaria em total acordo com as ideias apresentadas em meu artigo: o Interlinear Books. Para minha surpresa, a mensagem estava em português. O nome do autor era claramente do leste europeu (Linas Vaštakas) e ele me escrevia em português!

Em seu e-mail, ele me revelou que estava desapontado e surpreso. Desapontado porque ele mesmo queria escrever o que escrevi; e surpreso, porque no artigo que ele já tinha começado a produzir, havia muitas dicas que coincidiam com as minhas. Ele foi super gentil e perguntou se gostaria de colaborar com ele. E aqui estou, mais de um ano depois, escrevendo uma resenha sobre o seu projeto.

1. O que é o Interlinear Books?

Como o próprio site do projeto diz, Interlinear are bilingual books that include the original and an English translation below in a smaller font [Interlinear books são livros bilíngues que incluem o original e uma tradução em inglês, abaixo do original e em uma fonte menor]. Essa é uma definição bem clara e objetiva. Como eu não sou muito afeito da objetividade, eu prefiro a seguinte frase: Learn languages by reading fascinating books [Aprenda idiomas lendo livros fascinantes].

O verdadeiro objetivo desses livros é colaborar para aprendizagem de um novo idioma através da leitura de livros clássicos.

Esse é o verdadeiro objetivo desses livros, colaborar para aprendizagem de um novo idioma através da leitura de livros clássicos. O fato de ter a tradução das palavras logo abaixo do texto, em letra reduzida, para não atrapalhar a leitura do original, aumenta a nossa produtividade, já que não temos que parar para consultar um dicionário.

Não sei se você está conseguindo imaginar. Por isso, vou dar um exemplo de um texto traduzido do japonês, o haiku mais famoso de Bashō: 

Haiku - Basho

 

Perceba o cuidado com os elementos da tradução: 1. Primeiramente (fora, Temer!), nós temos o texto escrito em kanji e kana e, logo abaixo, a transcrição em caracteres romanos; 2. o que não está realmente explícito em japonês fica entre parênteses: (an) old, (a) frog; e 3. as cores do texto mudam para corresponderem com a leitura, como em 飛びこむ e em 水の音. No último caso, inclusive, a cor também indica a tradução da partícula の. São muitos detalhes para tão poucos versos.

O próprio Linas traduziu o poema acima e muitos outros textos, de diversos idiomas para o inglês. Uma das traduções é, inclusive, da língua portuguesa, de um belo poema de Fernando Pessoa, Autopsicografia, aquele que começa com “O poeta é um fingidor”. Você pode ler a tradução aqui.

A lista de traduções gratuitas é enorme, você pode vê-la aqui. Mas, para facilitar a sua vida, vou deixar uma pequena lista das que eu gostei mais:

[Russo] Pushkin: Я помню чудное мгновенье (I remember the magical moment) 

[Francês] Charles Perrault: Cendrillon (Cinderella) 

[Italiano] Conto popular: Il pescatore e il piccolo pesce 

[Espanhol] Delmira Augustini: La barca milagrosa 

[Alemão] The Brothers Grimm: Die Wichtelmänner (The Elves) 

[Lituano] Jonas Biliūnas: Pūga kalnose (Blizzard in the mounatains) 

[Yiiddish] Conto popular: Dos goldene fishele (The golden fish) 

 

Esses textos são, em sua maior parte, textos curtos ou amostras do que são os verdadeiros livros. “Gostei, quero uma cópia de um livro bilíngue para mim”.

2. Como faço para adquirir uma cópia de um livro bilíngue completo?

Muito simples. A coleção completa contempla ao menos 10 livros em 8 idiomas diferentes: Francês, alemão, grego, espanhol, lituano, português, russo e sueco. Você pode dar uma olhada neles acessando este link.  Os preços são muito bons e a qualidade dos livros é incrível.

3. Mas eu não falo inglês. Posso usufruir deste método mesmo assim?

O próprio Linas me disse que o mais indicado é que os leitores dominem o inglês, para poder acompanhar a tradução. Mas eu tenho uma sugestão: que tal aprender inglês lendo um livro da literatura brasileira? Vou dar um exemplo com o poema de Fernando Pessoa:

Poema - Fernando Pessoa

Perceba que a tradução para o inglês está lá, logo abaixo do original em português. Como dizer fingidor, em inglês? Feigner. E como dizer o verbo fingir? Feign. Está tudo lá, é só fazer a leitura ao contrário. Em alguns momentos, no entanto, pode ser difícil de acompanhar, quando se tem a inversão ou algum elemento entre parênteses, como em that (which). A tradução correta seria com o pronome relativo that, mas a tradução entre parênteses quis indicar que o que também pode ser lido como which em alguns casos.

“Entendi, mas você disse que seria com literatura brasileira.” Exatamente! Eles disponibilizam o livro O alienista, com tradução em inglês, da mesma forma que apresentei no poema. Acesse aqui

“Mas eu já falo inglês. Seria bom pra mim?”

Se você fala inglês, vai ser ainda melhor! Você vai poder usufruir de todos os livros, de todos os idiomas, além de poder ler os textos gratuitos no blog do projeto.

 

O que você achou do artigo? Deixe o seu comentário no espaço abaixo. Vou adorar ler a sua opinião e responder a sua mensagem. Um grande abraço e até a próxima!

 

Sobre o autor | Website

Igor Barca domina inglês, francês, italiano e espanhol e estuda alemão e japonês. Sua missão é aprender ao menos 10 idiomas e ajudar você a aprender também!

1 Comentário

  1. Rafael says:

    Concordo plenamente, sei que cada pessoa funciona de um jeito diferente, mas eu considero ler livros o melhor jeito de aprender um novo idioma. Aprendi inglês basicamente assim, e agora estou no primeiro livro de alemão. É trabalhoso mas vale a pena.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.